O que importa depois dos primeiros 92 anos

202

Acabei de descobrir isso hoje. Não foi de uma pesquisa em Harvard, Cambridge ou do gentil e especialista professor Yukio Moriguchi que tive o privilegio de conhecer (ele, além de ser conhecido como o pai da geriatria no Brasil também foi consultor de saúde do Papa Paulo VI). Escutei foi de uma senhora. Sua gentileza me prendeu totalmente.

A conheci ao completo acaso, na fila, vi ela preocupada com a força necessária para abrir a tampa do suco recém feito. Ela falou gentilmente ao atendente: Vou fazer 92 anos e não tenho força para abrir essa tampa se você apertar muito, então, ele abriu novamente o suco e mostrou respeitosamente que estava fácil. Com dois sorrisos entre eles, o supermercado continuaria, mas, por estar ao meu lado fui obrigado a dar os parabéns pela sua disposição nesta idade. Foi aí que escutei: Sabes que não posso morrer até novembro, tenho um compromisso muito importante.

Me deixou pensativo. O que importaria depois dos primeiros 92 anos? Foi nessa hora que realizei que algo estava por vir. Qual seria o compromisso que alguém com mais de 91 anos estaria esperando tanto, talvez os 92 anos? Perguntei… É o próximo aniversário? Ela disse que não, meu aniversário é em maio falou, faço os 92 anos no dia 08 de maio. Ela sorriu. Com o seu carrinho de supermercado, bengala apoiada no carrinho e uma disposição admirável. Vou te atrasar disse ela. De forma alguma falei (quando temos a oportunidade de encontrar uma pessoa com tanta experiência de vida?). Me conte que compromisso é esse falei, se não se importar.. Com um orgulho incrível de vó, disse ela: – Tenho que esperar pela formatura em medicina da minha neta em novembro deste ano.

Não perguntei o nome da sua neta, mas eu e você já sabemos agora que a medicina tem a capacidade de salvar vidas muito antes de começar a ser exercida. Ver a sua neta formada em medicina é uma razão extraordinária para manter-se ativa. Seu nome é Ruth. Orgulhosa de uma vida de muito trabalho, trouxe uma resposta incrível hoje: o sucesso de um grande amor é um verdadeiro propósito de vida. Lição que o tempo e o amor, só eles conseguem mostrar.

E assim nos despedimos, uma conversa tão agradável ao acaso. Um presente do dia.